Quote da Semana

Posts na categoria Quote da Semana

Quote da Semana: Felicidade!

out 23, 2014 às 20:15 por em Home, Quote da Semana . 0 comentários

Oii lindonas, como estão hoje?

Resolvi resgatar uma antiga categoria aqui do blog: o Quote da Semana! Quem me acompanha desde o comecinho vai lembrar com certeza! Nos posts deste tipo, eu compartilho uma frase que me marcou nessa semana e comento um pouco sobre ela. Para hoje eu escolhi falar sobre a felicidade:

1b11ff383f0957d9911c1ea246ee2189

 

Em uma tradução beeem “caseira”: “Felicidade é deixar para trás o que você acha que a sua vida deveria ser e celebrar o que ela é de verdade”.

Ou seja, vamos parar de reclamar da nossa vida, de como ela poderia ser, de compará-la com a vida do amigo/vizinho/primo ou de quem quer que seja e vamos VIVER! Ela está aí para ser vivida e cada segundo que você perde reclamando é – sem clichê – um segundo perdido de VIDA!

Há um bom tempo eu ando deixando para trás essas energias negativas e pensamentos ruins e focando naquilo que tenho ao meu redor e, mais importante, NAQUILO QUE DEUS ME DEU. Lembre-se que você não vai ter uma segunda chance, então, seja feliz agora, com os seus problemas, dificuldades, conquistas, obstáculos, porque todos nós sempre vamos passar por altos e baixos.

Beijo Beijo

Ano novo, vida nova?

jan 02, 2014 às 13:24 por em Home, Quote da Semana . 0 comentários

Olá queridas e queridos! Como foi o Ano Novo de vocês?

O meu foi uma delícia e bem tranquilo! Estou aproveitando bastante meu tempo para ler, descansar, ver filmes, descansar, ler mais um pouquinho e ver mais filmes, hahahaha. Só assim para conseguir retomar minhas atividades com força total!

Maaas, como não podia deixar de ser, encontrei um texto na internet que diz tudo o que penso para 2014. Fiz uma “arte” para ele e acrescentei algumas coisinhas. Espero que gostem e que se identifiquem como eu me identifiquei:

1 - foto

Beijo Beijo! E curtam muito esse ano, que tem tudo para ser perfeito!

 

Mais um ciclo chega ao fim…

jun 27, 2013 às 09:39 por em Home, Quote da Semana . 0 comentários

Bom dia meninas!

Hoje é um dia muito especial na minha vida, é o dia da minha Colação de Grau. O dia em que o ciclo que se inicou há 4 anos, chega ao fim. Achei que esse dia nunca ia chegar, e não digo isso com desdém ou agradecendo por ele ter chegado, pelo contrário, digo isso com o olhar daquela menina que entrou na ESPM em 2009 e penou um tiquinho para virar a adulta que é hoje, em 2013. Encontrei um texto que diz bastante sobre esse momento, principalmente sobre as amizades que cultivamos, ou melhor, que achamos que cultivamos durante esse tempo. Espero cultivar as amizades que sinto que são duradouras (elas sabem quem são), assim como cultivei as do colégio ;)

Formatura_1296075757

“Como se mede uma pessoa? Os tamanhos variam conforme o grau de envolvimento. Ela é enorme pra você quando fala do que leu e viveu, quando trata você com carinho e respeito, quando olha nos olhos e sorri destravado. É pequena pra você quando só pensa em si mesmo, quando se comporta de uma maneira pouco gentil, quando fracassa justamente no momento em que teria que demonstrar o que há de mais importante entre duas pessoas: a amizade.

Uma pessoa é gigante pra você quando se interessa pela sua vida, quando busca alternativas para o seu crescimento, quando sonha junto. É pequena quando desvia do assunto.

Uma pessoa é grande quando perdoa, quando compreende, quando se coloca no lugar do outro, quando age não de acordo com o que esperam dela, mas de acordo com o que espera de si mesma. Uma pessoa é pequena quando se deixa reger por comportamentos clichês.

Uma mesma pessoa pode aparentar grandeza ou miudeza dentro de um relacionamento, pode crescer ou decrescer num espaço de poucas semanas: será ela que mudou ou será que o amor é traiçoeiro nas suas medições? Uma decepção pode diminuir o tamanho de um amor que parecia ser grande. Uma ausência pode aumentar o tamanho de um amor que parecia ser ínfimo.

É difícil conviver com esta elasticidade: as pessoas se agigantam e se encolhem aos nossos olhos. Nosso julgamento é feito não através de centímetros e metros, mas de ações e reações, de expectativas e frustrações.

Uma pessoa é única ao estender a mão, e ao recolhê-la inesperadamente, se torna mais uma. O egoísmo unifica os insignificantes.

Não é a altura, nem o peso, nem os músculos que tornam uma pessoa grande. É a sua sensibilidade sem tamanho.”

Beijo Beijo e boa sorte para mim nesse novo ciclo que se inicia a partir de hoje!

Reflexão: meu trabalho

mai 01, 2013 às 12:34 por em Curiosidades, Home, Quote da Semana . 0 comentários

Olá meninas, que feriadinho delícia hein? Veio a calhar…hahaha.

Hoje decidi fazer um “post reflexão” a respeito do meu trabalho. Tenho lido muito sobre home office e pessoas que trabalham com horários flexíveis, que resolvi abordar essa questão aqui.

Bom, antes de tudo, a decisão de abrir a minha própria empresa (que é a BC | Assessoria de Comunicação ) aconteceu no ano passado, quando vi que não queria “ser mandada” por ninguém e sim, mandar, só que não no sentido “escravista” ou “general” da palavra e sim sentido que ser dona do meu próprio negócio daria para o meu futuro. Antes de começar com a assessoria, resolvi criar o Bee Curious, já que ele me daria um bom embasamento para levar a empresa a diante, uma vez que aqui eu escrevo, cuido das redes sociais e tenho um relacionamento com o público (vocês!) e com parceiros. Além de tudo, o BC será uma ótima ferramenta para a assessoria, pois eu espero que ele se torne canal de comunicação no futuro. Foi por isso que não desvinculei os dois, percebam, o nome da assessoria é a abreviação do nome do blog ;)

Criar um blog era algo que eu queria há muito tempo, mas faltava um tiquinho de coragem, já que eu seria mais uma blogueira no meio de tantas (foi aí que surgiu a ideia de contar as histórias por trás da moda/beleza/literatura/cinema, etc). Então, como arriscar sempre foi o meu forte, resolvi ir em frente e seguir o que eu realmente queria, sem me importar em ser mais uma ou a única, afinal, isso acontece em todas as profissões. Ah, e também sem ligar para a opinião alheia, porque parece que as pessoas só sabem criticar, né?

Em relação ao home office, realmente descobri ser a melhor coisa do mundo! Eu trabalho no conforto da minha casa, almoço a comida da mamãe (fala sério, tem coisa melhor?) e não preciso me deslocar e me estressar no trânsito (a não ser quando visito clientes e parceiros). A flexibilidade de horário também é uma mão na roda, já que não preciso deixar de fazer as minhas coisas por conta do trabalho, pelo contrário, posso moldar o meu horário em determinado dia para que dê tempo de fazer tudo o que estiver planejado. Ou seja, não preciso deixar de ir ao médico, ao psicólogo, à academia, à um almoço com uma amiga, ao shopping resolver algum probleminha, ao cinema, enfim.

Falando assim, parece que é tudo muito fácil né? Mas não! No comecinho tive que ter muita disciplina para entender que estou trabalhando e não brincando de lojinha, sabe? Mantenho algumas regrinhas para ter um bom dia de trabalho, como: acordar cedo, tomar um belo banho, me vestir com uma roupa bonita (acredite, isso levante a auto estima e dá a impressão que você realmente está saindo para trabalhar), fazer uma hora de almoço e encerrar o expediente 8 horas depois de seu início (é fácil você embalar e trabalhar até tarde, mas sempre penso na minha saúde primeiro).

Bom, não vou prolongar o assunto nesse post, pois ele já ficou enorme né? Espero que tenha ajudado quem tem ideia de trabalhar dessa forma ;)

Não se esqueçam: disciplina e equílibrio SEMPRE!

Beijo Beijo

Quote da semana

abr 24, 2013 às 10:06 por em Home, Quote da Semana . 1 comentário

Olá meninas, tudo bem? Resolvi fazer o quote da semana hoje, já que faz tempo que não faço:

536885_473567746048944_186588627_n_large

Sim, acordei romântica hoje! E acho que todas nós temos um dia assim, né?

Em relação à frase, creio que seja verdadeira em muitos momentos, mesmo achando que não deveria. É que me incomoda quando relacionam o “se sentir sozinho/isolado” com “não tenho um namorado”. Não acho que devemos nos sentir preenchidos apenas quando temos alguém, mesmo quando se trata do amor da nossa vida. Eu namoro e sou muito feliz, mas aprendi que quem tem que vir em primeiro lugar sou eu e não o meu namorado, mesmo amando-o muito. Aprendi que a minha felicidade deve ser independente da dele e assim todo mundo sofre menos. Aprendi a lidar com expectativas frustadas e também que as pessoas não são obrigadas a se desdobrar por qualquer motivo que seja, só se for para fazer ela própria feliz.

É complicado entender tudo isso, mas acho que devemos ser felizes com e sem alguém. É óbvio que a vida fica mais gostosa quando temos com quem partilhar nossas experiências, frustações, risadas, saídas, opiniões, e tudo o mais. Mas também podemos deixar a vida melhor quando aprendemos a nos bastar. Só assim é possível ser feliz e fazer o outro feliz.

;)

Pensem nisso e me contem se concordam!

Beijo Beijo